Filtros prensa – Itaminas adota tecnologia

Processo é feito por meio de filtro prensa que chega a recuperar quase 9 mil m³ de água por dia

Ser uma empresa sinônimo de desenvolvimento, modernidade e sustentabilidade sempre esteve presente em todas as ações da Itaminas. A sua relação com as práticas de sustentabilidade, bem-estar social e governança, foram assumidas desde o início de suas atividades. E os grandes exemplos estão no constante e histórico trabalho de recuperação de áreas nativas, construção de barragens dentro de altos parâmetros de segurança e investimentos ultrapassam as exigências da sociedade e das leis ambientais.

Para atender com êxito o tratamento de grande volume de rejeito de mineração, a ANDRITZ fez uso de alta tecnologia por meio de processo de filtração eficiente, seguro e sustentável que diminui a quantidade de água no material. Os testes iniciais foram realizados no laboratório da multinacional, localizado em Pomerode (SC).

Como funcionam os filtros prensa

O uso de filtro prensa overhead de última geração é um projeto robusto com velocidade máxima de descarga de tortas. Entre suas principais características, destaque para a abertura dupla do pacote de placas de filtragem, para a descarga de sólidos em alta velocidade, o dispositivo de lavagem de lonas filtrantes de braço duplo e para a alimentação bilateral que reduz o tempo de ciclo.

O filtro prensa overhead foi projetado para serviços pesados com velocidade máxima de descarga. Baseia-se no projeto confiável dos filtros prensa, com um divisor adicional de placas de filtragem para garantir o maior rendimento possível em combinação com a tecnologia de quatro cilindros. O filtro prensa overhead é equipado com sistema de descarga rápida de sólidos e sistema de troca rápida de elementos filtrantes e é altamente eficiente para aplicações na indústria de mineração, como rejeitos, carvão, cobre, ferro e alumínio.

A solução trouxe resultados positivos na atuação da Itaminas para promover uma mineração sustentável, já que a tecnologia possibilita a substituição de barragem de rejeitos por empilhamento a seco com o filtro prensa, otimização de processos e redução de despesas operacionais e de consumo de água – quase 9 mil m³ de água recuperada por dia.

O projeto gera inovação nos processos de beneficiamento para tratamento de rejeitos, tornando a operação mais sustentável, segura e socialmente responsável.

“Um dos grandes pilares para o sucesso deste projeto se deve à grande sinergia entre as duas equipes: Itaminas e ANDRITZ, principalmente na fase de campo. A expectativa era muito grande devido à magnitude do projeto e o nível de inovação envolvido nos equipamentos, portanto as equipes colocaram os esforços no propósito de ver a planta de filtragem operando 100%. Como consequência desta grande sinergia é notória a evolução de cada fase do projeto, com destaque para a fase III, em que tivemos o recorde de montagem, comissionamento e startup em apenas 40 dias”, explica William Leonardi, Gerente de Projetos ANDRITZ.

Para a Itaminas, a solução da ANDRITZ promove inovação nos processos de beneficiamento para tratamentos de rejeitos. “Com esse recurso, eliminamos o uso de barragens de rejeito, criando um novo perfil de sustentabilidade e produtividade”, ressalta Gedeon Júnior, Diretor de Produção e Processamento da Itaminas.

Saiba mais em: https://www.andritz.com/separation-en/filter-presses-for-mining-pt

Notícias Relacionadas