Meio Ambiente

Compromisso, responsabilidade e respeito pela vida.

Para a Itaminas, o futuro e o presente se conjugam em uma só palavra: Sustentabilidade

Ser uma empresa sinônimo de desenvolvimento, modernidade e sustentabilidade sempre esteve presente em todas as ações da Itaminas.

A sua relação com as práticas de sustentabilidade, bem-estar social e governança foi assumida desde o início de suas atividades. E os grandes exemplos estão no constante e histórico trabalho de recuperação de áreas nativas, na construção de barragens dentro de altos parâmetros de segurança e nos investimentos que ultrapassam as exigências da sociedade e das leis ambientais.

Gestão de Barragens

B1

Localizada próximo ao córrego Engenho Seco, a barragem B1 é a estrutura mais a jusante do complexo de barragens da Mina. A estrutura tem a função de conter os sedimentos originados das vias de acesso e área de operação da mina, transportados através dos sistemas de drenagem pluvial, bem como a clarificação final de efluentes e recirculação de água industrial do empreendimento.

B4

A barragem B4 consiste numa estrutura que, em um momento anterior, se destinava para conter os rejeitos da mineração das minas do Engenho Seco. Atualmente, a estrutura está passando por obras de descaracterização.

Seu maciço é composto por aterro convencional com solos argilo-siltosos compactados e sistema de drenagem interna constituído por colchão drenante, um filtro vertical e filtre de pé em enrocamento.

Gestão de Ruídos

As medições de ruído ambiental têm o objetivo de medir os níveis de pressão sonora gerados pela atividade do estabelecimento, e o nível de perturbação sonora causada por esses ruídos. 
As medições de ruído ambiental são realizadas mensalmente nos períodos diurno e noturno nos 7 pontos determinados, sendo afastados aproximadamente 1,2 metros do piso e pelo menos 2 metros de obstáculos, com a configuração do Sonômetro na curva de ponderação A, no circuito de resposta em Fast, sendo o tempo de execução da medição de 5 minutos, feitos em horários coincidentes com as atividades de maior frequência da empresa, para melhor conjectura dos resultados e enquadramento da norma técnica e leis aplicáveis. 

Gestão de Particulados

O monitoramento da qualidade do ar é executado visando controlar e determinar o nível de concentração da poeira de rejeitos gerados pelas atividades da mineradora em torno do próprio empreendimento e da comunidade do bairro Brasília. 

Com o intuito de executar o trabalho de forma sustentável e ambientalmente segura, os monitoramentos atmosféricos são feitos continuamente, sendo realizados o monitoramento de PTS – “Partículas Totais em Suspensão” em pontos na Barragem B1 e barragem B4 mensalmente, e no “Ponto 01” localizado na Estrada de Acesso da Mina à Plataforma de Embarque – Pátio da TSL verificado semanalmente.

Galeria de Imagens